background image

Estudo de Caso da Bloomin' Brands

A implementação da tecnologia de gestão da C.H. Robinson reduziu os custos dessa cadeia de suprimentos global em 7-10%

Construindo a eficiência da cadeia de suprimentos

Com previsão, iniciativa e desenvoltura, a Bloomin’ Brands, Inc.®, uma das maiores empresas de restaurantes de estilo casual do mundo, trabalhou com a C.H. Robinson para trabalhar com os pontos problemáticos muito comuns no setor de serviços de alimentos e agora estão colhendo as recompensas.

Economia nos custos

A globalização expande a região geográfica geral que uma empresa pode atender, mas as demandas dos consumidores por conveniência também criam novas cadeias de suprimentos em pequena escala dentro das áreas de serviço maiores.

Além dessas complexidades espaciais da cadeia de suprimentos, novas práticas de segurança alimentar e diretrizes de compliance estão aumentando a necessidade de recursos de rastreamento preciso. Os prestadores de serviços alimentares devem ter uma visibilidade clara da cadeia de suprimentos até o nível SKU, uma tarefa difícil quando o grupo de fornecedores disponíveis continua a crescer.

Essa falta de visibilidade geralmente é mais pronunciada no processo da ordem de compra. Sem uma visão completa adequada, torna-se quase impossível ter o controle da cadeia de suprimentos e de todos os seus fornecedores, distribuidores e custos associados. A Bloomin’ Brands, Inc.® (Bloomin’ Brands) enfrentou esses desafios.

Oportunidade

À medida que se expandia para mais e mais lojas, a cadeia de suprimentos da Bloomin’ Brands se tornava correspondentemente mais complexa. Com quatro marcas de restaurantes de sucesso (Outback Steakhouse®, Carrabba's Italian Grill®, Fleming's® Prime Steakhouse & Wine Bar e Bonefish Grill®), a equipe da cadeia de suprimentos precisava melhorar a eficiência por meio da consolidação da quantidade do pedido e da otimização do fornecedor/distribuidor.

De fato, um número crescente de SKUs, fornecedores e distribuidores passava pelo processo manual de ordens de compra da Bloomin’ Brands exigindo muitos recursos. Os custos com fornecedores e distribuidores eram muitas vezes desalinhados, com frequência as discrepâncias eram encontradas apenas durante o faturamento, criando mais trabalho administrativo após o evento por meio de créditos e ajustes. Além disso, os custos raramente eram separados em seus segmentos compostos, não dando nenhuma visão sobre o que realmente impulsionava mudanças de custos — frete, combustível, produto, manuseio ou qualquer outra coisa.

“Os gerentes de cozinha de restaurantes tiveram que concluir tarefas manuais, como faturas de auditoria, perdendo tempo. Precisávamos melhorar a visibilidade dos dados transacionais que realmente fomentam uma cadeia de suprimentos”, compartilhou Owen Brady, diretor da cadeia de suprimentos, de distribuição global e logística da Bloomin’ Brands.

Precisávamos melhorar a visibilidade dos dados transacionais que realmente impulsionam uma cadeia de suprimentos.

—OWEN BRADY, DIRETOR DA CADEIA DE SUPRIMENTOS,
DE DISTRIBUIÇÃO GLOBAL E LOGÍSTICA DA BLOOMIN' BRANDS

Ponto de inflexão

A Bloomin’ Brands reconheceu oportunidades em sua cadeia de suprimentos e antecipou que o crescimento contínuo pode ter gerado mais desafios. Houve a necessidade de uma evolução da cadeia de suprimentos para mantê-los no caminho para o sucesso contínuo e para oferecer suporte centralizado para restaurantes individuais.

A C.H. Robinson prestava serviços de transporte para a Bloomin’ Brands há algum tempo. Durante uma análise comercial desse relacionamento, “nosso gerente de contas da C.H. Robinson identificou que os Managed Procurement Services (MPS) poderiam aumentar o suporte aos nossos restaurantes”, disse Owen.

Desafio

A globalização, o aumento da concorrência e as complexidades logísticas no setor de alimentos e bebidas tornaram mais difícil a gestão efetiva de suas cadeias de suprimentos.

Solução

Eles implementaram o MPS em mercados-piloto, observando como ele operava e analisando os resultados. Essa fase de teste permitiu que a Bloomin’ Brands visse resultados reais antes de fazer mudanças a nível empresarial.

Resultados

  • A visibilidade total para componentes de custo individuais permite rastrear custos ao longo do tempo e fazer ajustes de forma fácil para gerenciar com eficácia as despesas da cadeia de suprimentos
  • Os insights do MPS têm uma visibilidade clara, em toda a rede, durante situações críticas de segurança alimentar
  • Economia anual de custos da cadeia de suprimentos entre 7 a 10%

Solução

A Bloomin' Brands compreendeu a importância de implementar processos de fornecimento que não só abordassem os desafios atuais, mas também pudessem ser escalonados junto com o crescimento e a mudança de seus negócios. Owen declarou que ele e sua equipe “procuraram outros fornecedores de gerenciamento da cadeia de suprimentos, mas eles ofereceram apenas partes do que estávamos procurando. O MPS da C.H. Robinson foi a melhor opção para nós com suas soluções de ponta a ponta. A combinação de pessoas, processos e tecnologia superior facilitou nossa decisão.”

Os membros da equipe de MPS se reuniram com a Bloomin' Brands para avaliar toda a cadeia de suprimentos, identificar os processos atuais e identificar áreas de oportunidade. Em seguida, a equipe projetou para a Bloomin' Brands um plano de cadeia de suprimentos personalizado e holístico que combinou a poderosa tecnologia de compras gerenciadas da C.H. Robinson com soluções logísticas otimizadas.

Kristen Brooks, vice-presidente de compras globais da Bloomin’ Brands, observou: “Nunca nos sentimos como se estivéssemos sendo vendidos durante todo o processo. Foi uma conversa orgânica sobre como a solução MPS poderia ajudar a otimizar nossa cadeia de suprimentos.”

Para garantir que a solução estratégica da C.H. Robinson atendesse às suas necessidades, a Bloomin' Brands implementou o MPS em mercados-piloto, observando como ele operava e analisando os resultados. Essa fase de teste permitiu que a Bloomin' Brands visse resultados reais antes de fazer mudanças a nível empresarial. Os operadores nos mercados-piloto tiveram redução de custos e melhorias na eficiência geral; impulsionados pela confiança de que os
Managed Procurement Services da C.H. Robinson forneceriam benefícios orientados por dados, a Bloomin' Brands optou por implementar MPS em toda a rede.

A equipe de MPS da C.H. Robinson trabalhou junto com a Bloomin’ Brands em cada etapa do caminho, consolidando dados de fornecedores e distribuidores, mapeando todas as conexões do sistema e ajudando com a configuração do programa do início ao fim. A Bloomin’ Brands e a C.H. Robinson supervisionaram em conjunto todos os lançamentos de serviço e a equipe de MPS da C.H. Robinson organizou treinamentos de localização presenciais para garantir transições suaves ao longo do processo.

“A equipe de MPS trabalhou diretamente com vários departamentos e partes interessadas para ajudá-los a entender o que estávamos fazendo e por quê. Ficou óbvio que eles tinham o processo sob controle e lidariam com todos os aspectos com pouco trabalho adicional”, disse Kristen. No final, a Bloomin' Brands obteve insights sobre seus processos de pedidos totais por meio do acesso a um painel da cadeia de suprimentos adaptado às necessidades específicas de visibilidade e análise da empresa.

A combinação de pessoas qualificadas, processos e tecnologia superior tornou nossa decisão fácil.

—OWEN BRADY

Resultado

As faturas do fornecedor e distribuidor agora são todas gerenciadas pela tecnologia de aquisição gerenciada, reduzindo o tempo, energia e os recursos uma vez gastos nessas tarefas. Visibilidade total aos componentes individuais de custo permitem rastrear custos ao longo do tempo e fazer ajustes facilmente para gerenciar efetivamente gastos na cadeia de suprimentos. E numerosas verificações e balanços incorporadas nos processos de ordem de compra minimizaram reclamações, deram a Bloomin' Brands a confiança que os custos contratados eram precisos.

"A contenção de custos que a solução MPS fornece através da fiscalização de faturas vale o preço da admissão," disse Tina Lewis Davis, diretora de aquisição global na Bloomin' Brands. Kristen adicionou, "Ter um sistema que está fazendo isso para você significa que não necessitamos de um exército de pessoas para procurar aquelas moedas no chão."

Além disso, as informações MPS de ponta a ponta traduzem em visibilidade clara em toda a rede durante situações críticas de segurança alimentar. Porque a Bloomin' Brands tem um senso claro de quais produtos estão nos restaurantes em qualquer momento, eles podem agir rapidamente para tomar as ações apropriadas. "A C.H. Robinson está constantemente monitorando o mercado, o que permite a eles responder a avisos e recalls em uma maneira rápida," compartilhou Kristen.

Com base nesses fundamentos, a C.H. Robinson aproveitou de seu conjunto completo de serviços para otimizar ainda mais a cadeia de suprimentos da Bloomin' Brands, implementando outras soluções logísticas como consolidação de frete de entrada. Com visibilidade completa ao panorama geral de sua cadeia de suprimentos, a Bloomin' Brands e a C.H. Robinson geraram uma economia de custo na cadeia de suprimentos de 7 a 10%.

Lissette Gonzalez, vice-presidente de planejamento e previsão global da Bloomin' Brands, disse sucintamente: "Implementar a solução MPS ajudou a transformar a cadeia de suprimentos da Bloomin' Brands."

Futuro

Através de um trabalho em equipe alinhado e foco na resolução de problemas orientada por resultados, a equipe de MPS da C.H. Robinson tornou-se uma extensão da família Bloomin’ Brands, ganhando o “Vendor of the Year” duas vezes. Ambas as empresas continuam mantendo atualizações regulares de status mensais presenciais e revisões de mercado duas vezes ao ano para se manterem ágeis. Tina disse: “o nível de transparência e franqueza em nosso relacionamento abriu as portas para uma colaboração mais ampla, para encontrar essas oportunidades de ganho mútuo”.

Claro, o setor de alimentos e bebidas está em constante evolução e a Bloomin’ Brands está pronta para se transformar junto com ele.

"As cadeias de suprimentos em serviços alimentícios são complexas", compartilha Kristen. "Aproveitar os prestadores terceirizados como a C.H. Robinson pode ser, e tem sido, um ativo valioso para nós".

A implementação da solução MPS ajudou a transformar a cadeia de suprimentos da Bloomin' Brands.

—LISSETTE GONZALEZ, VICE-PRESIDENTE DE
PLANEJAMENTO E PREVISÃO GLOBAL DA BLOOMIN' BRANDS

Alavancar fornecedores terceirizados como a
C.H. Robinson pode ser, e tem sido, um ativo valioso para nós.

—KRISTEN BROOKS, VICE-PRESIDENTE DE
COMPRAS GLOBAIS DA
BLOOMIN' BRANDS